Exclusivo: Com 355 mil eleitores ainda sem biometria, TRE Ceará vai promover novo mutirão

O segundo mutirão da biometria acontecerá entre os dias 26 de abril e 6 de maio, no Centro de Eventos do Ceará


Imagem: Divulgação

Frederico Cortez
cortez@focus.jor

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) realizará o 2º mutirão da biometria em Fortaleza, entre os dias 26 de abril e 6 de maio. Focus apurou que o Tribunal eleitoral cearense quer aumentar o número de eleitores com a revisão digital. Até o momento, cerca de 355 mil eleitores da capital ainda estão sem o cadastramento de usa digital. É tão grande o número dos “sem biometria”, que nenhuma outra cidade do Ceará tem 355 mil eleitores.

Conforme, Focus publicou hoje (aqui), cerca de 19% dos votantes da capital ainda não realizaram o seu cadastramento digital junto à Justiça Eleitoral. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Fortaleza tem 1.815.412 eleitores. Desse total, 1.459.509 já estão com a sua biometria em dia.

O TSE cravou o dia 6 de maio, como a data final para o cadastramento biométrico do eleitor. O local para o segundo mutirão de Fortaleza deverá ser o mesmo do anterior, no Centro de Eventos do Ceará.

Leia Mais
+ TRE-CE e Câmara de Fortaleza discutem solução para 355 mil eleitores sem biometria na capital
A três meses e meio do fim do prazo, 356 mil eleitores de Fortaleza ainda não fizeram a biometria

+  Fortaleza tem 495 mil eleitores sem biometria e ocupa último lugar dentre as capitais do Nordeste, aponta TSE
Eleitores sem biometria dá para levar um candidato ao 2º turno
Mutirão da biometria do TRE-CE atende 7 mil eleitores neste sábado, faltando doze dias para o fim
TRE-CE anuncia mutirão para quem ainda não fez a biometria
Com prazo perto do fim, quase 35% dos eleitores de Fortaleza não fizeram a biometria
O dever cívico da biometria, por Frederico Cortez
O TRE-CE inicia procedimentos para biometria obrigatória em quatro municípios
Focus.jor lança a campanha “Seu voto é sua voz. Faça sua biometria”
Supremo decide manter cancelamento dos títulos dos “sem biometria”