XP/Ipespe: Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro em eventual segundo turno

Lula aparece com 45%, enquanto Bolsonaro tem 36%. No último levantamento, realizado em maio, o petista tinha 40%, enquanto o chefe do Executivo encostava com 40%


Lula. Foto: Ricardo Stuckert

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta sexta-feira, 11, mostrou o ex-presidente Lula com uma vantagem mais ampla com relação a Jair Bolsonaro em um eventual segundo turno em 2022.

Lula aparece com 45%, enquanto Bolsonaro tem 36%. No último levantamento, realizado em maio, o petista tinha 40%, enquanto o chefe do Executivo encostava com 40%.

Contra Ciro Gomes, Bolsonaro também sairia derrotado. O pedetista alcançaria 41%, colocando o presidente com 37%.

Há também um “empate” se caso o ex-juiz Sergio Moro fosse para o segundo turno. Ambos registrariam 32%.

Bolsonaro venceria Luciano Huck (37% x34%), Guilherme Boulos (40% x 30%), João Doria (39% a 33%).

Foram realizadas 1.000 entrevistas, de abrangência nacional, nos dias 7, 8, 9 e 10 de junho. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Avaliação

Outro ponto destacado na pesquisa é a avaliação do Governo Bolsonaro. 50% dos entrevistados consideram “ruim e péssimo”, enquanto 26% afirmam ser “ótimo e bom”. Regular ficou com 22%.

A maneira de administrar o País por Bolsonaro também foi avaliada. 60% desaprovam e 40% aprovam.

Nem o Congresso escapou. A descrença dos entrevistados é grande. 48% marcaram “ruim ou péssimo”. Apenas 8% acreditam ser “ótimo bom.