Veja os argumentos de Marinho para reforma da Previdência

Rógerio Marinho apresenta números que justificam a reforma da Previdência


Rogério Marinho em sua apresentação na Lide Ceará. Foto: Divulgação

Edvaldo Araújo
edvaldo@focus.jor.br

Os números não são novidades. São repetidos exaustivamente pelo Secretário do Trabalho e da Previdência, Rogério Marinho, a cada apresentação, quase como um mantra. Porém, é nesta estratégia de repetição que aposta o Secretário. Aos empresários presente nesta sexta-feira, 10, na Lide Ceará, afirmou que tem pecorrido o Brasil. Ele e outros três funcionários da Secretaria, em palestras e tentativas de esclarecimentos.

Na apresentação, Marinho classifica o sistema atual como “insustentável” e “injusto” – dois eixos base para construção dos argumentos para necessidade de realização da reforma. Após uma vastidão de números, Marinho apresenta a “nova Previdência”. São cinco eixos: combate aos privilégios, equidade, combate às fraudes, cobrança de dívidas e impacto fiscal.

Marinho reconhece que é difícil, com tantos números, fazer com que todos compreendam, mas se diz otimista. “Quando fiz a primeira defesa da previdência ano passado, só 50 parlamentares tinham coragem de se mostrarem favoráveis. Hoje, pelo que sei, cerca de 200 parlamentares já foram às redes sociais defenderem a reforma”, afirma. E aproveita para concluir: “vim aqui para que todos possam sair daqui com possibilidade de defenderem esta reforma”.

Eis os argumentos de Rógerio Marinho para defesa da Nova Previdência.