União Europeia reabre fronteiras, mas Brasil está fora da lista de países autorizados

As questões de saúde foram um dos critérios usados para a decisão


Foto: Reprodução.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A reabertura das fronteiras foi aprovada pelos países da União Europeia (UE) nesta terça-feira, 30. A partir do dia 1º de julho, turistas de 15 países terão acesso livre. Por enquanto o Brasil está fora dessa lista, juntamente com os Estados Unidos, Turquia e Rússia.

A lista dos autorizados, que será revisada a cada duas semanas, inclui Argélia, Austrália, Canadá, Geórgia, Japão, Montenegro, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Sérvia, Coreia do Sul, Tailândia, Tunísia e Uruguai, além da China.

As questões de saúde foram um dos critérios usados para a decisão. Os países de residência dos turistas, e não a sua nacionalidade, será o fator chave para determinar se eles poderão entrar ou não na União Europeia, de acordo com as autoridades.

Segundo o G1, os 27 países que compõem o bloco não são obrigados legalmente a adotar a resolução, mas se não fizerem isso, correm risco de ter as suas fronteiras com outros países da Europa fechada -portanto, dificilmente algum país terá uma política diferente.