União Europeia não sabe o suficiente sobre Sputnik V para aprová-la, diz Angela Merkel

Na segunda-feira, 26, a Anvisa negou a importação da vacina russa por falta de dados e efeitos adversos.


Chanceler alemã Angela Merkel. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Agência Europeia de Medicina ainda não recebeu informações suficientes sobre a vacina contra o coronavírus Sputnik V da Rússia para aprová-la, disse a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, na segunda-feira, 26, segundo informou a agência Reuters.

“Se (a aprovação) ocorrer em breve, naturalmente faria sentido comprar doses de Sputnik”, disse Merkel a repórteres.

Também na segunda-feira, a Anvisa negou a importação da vacina russa para o Brasil por falta de dados e por causar efeitos adversos.

Merkel acrescentou ainda que, com as vacinas cada vez mais abundantes, seria possível abandonar o atual sistema de priorização estrita de doses em junho para que todos na Alemanha pudessem obter um agendamento de vacinação.