TikTok critica Facebook por “ataques difamatórios”

A resposta se deve ao fato de o CEO da rede social, Mark Zuckerberg, ter alegado que no passado o TikTok havia censurado informações sobre protestos na China


TikTok. Foto: Divulgação Google

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A plataforma de vídeos chinesa TikTok criticou os supostos “ataques difamatórios” do Facebook.

A resposta se deve ao fato de o CEO da rede social, Mark Zuckerberg, ter alegado que no passado o TikTok havia censurado informações sobre protestos na China.

“Vamos concentrar nossas energias em uma concorrência justa e aberta ao serviço de nossos consumidores, em vez de ataques difamatórios por nossa concorrência – em particular o Facebook – disfarçados de patriotismo e projetados para encerrar nossa mera presença nos Estados Unidos”, o CEO da asiática, Kevin Mayer, CEO do TikTok.