Termômetro da economia, construção civil retoma contratações

Levantamento concluiu que "a procura por certos profissionais da área aumentou 300% nos nove primeiros meses deste ano ante o mesmo período anterior".


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Há sinais importantes de crescimento na área da construção civil. Já se sabe que o PIB do setor no 2º trimestre deste ano apresentou crescimento de 2% em relação ao mesmo período de 2018, configurando o primeiro resultado positivo após 20 quedas em sequência Agora uma reportagem da Exame (para assinantes) mostra que um levantamento da Michael Page, empresa inglesa especializada no recrutamento e seleção de executivos de média e alta gerência, concluiu que “a procura por certos profissionais da área aumentou 300% nos nove primeiros meses deste ano ante o mesmo período anterior”.

Renato Trindade, gerente executivo da divisão de operações de Propriedade e Construção da Michael Page e Page Personnel, explica que o número elevado é decorrente da baixa movimentação nos anos anteriores, mas ainda mostra uma retomada e um potencial grande de contratações para o próximo ano. “O aquecimento está ligado a expectativa de mercado, principalmente com a baixa de juros e o cenário econômico mais favorável. O investimento na construção civil também teve uma retomada forte nos Estados Unidos, o que faz com que os investidores olhem para outros mercados e no momento o mercado brasileiro tem atratividade maior”, disse.

O desempenho da construção civil costuma ser um termômetro para outros setores da economia.