Temer não acredita em terceira via e afirma que muitos candidatos beneficiam polarização

A afirmação foi feita em entrevista ao programa CB.Poder, do jornal Correio Braziliense na TV Brasília, onde ele ainda pôs em xeque a candidatura da correligionária Simone Tebet.


Articulador de recuo, Temer diz não acreditar em novos ataques de Bolsonaro a instituições. Foto: reprodução

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O ex-presidente da República Michel Temer (MDB) afirmou, nessa segunda-feira, 13, não acreditar na possibilidade de vitória de um candidato da chamada terceira nas eleições presidenciais de 2022.

“Com toda a franqueza, estou achando complicada essa história. Não acho fácil que os principais cotados da terceira via, em um dado momento, abram mão da candidatura, priorizando só um candidato (…) você veja, que se houver muitos candidatos, ganha com isso aqueles que polarizaram”, disse Temer.

A afirmação foi feita em entrevista ao programa CB.Poder, do jornal Correio Braziliense na TV Brasília, onde ele ainda pôs em xeque a candidatura da correligionária Simone Tebet.

“Conheço o MDB há muito tempo, né? E sempre foi assim… Sempre quis lançar candidato e muitas vezes acaba não lançando. Hoje, tem uma bela pré-candidata, a Simone Tebet, mas não sei se o partido vai com essa posição até o final”, declarou.

Além de Tebet, Ciro Gomes (PDT), Luís Henrique Mandetta (DEM), João Doria (PSDB) e Eduardo Leite (PSDB) são alguns dos principais nomes cogitados para ocupar essa posição de alternativa a Bolsonaro e Lula, os dois principais nomes nas pesquisas.