TCU mantém decisão de suspender propaganda do pacote anticrime

O ministro Vital do Rêgo, relator, aceitou a tese levantada pelos autores da ação que afirmaram que não cabe o uso de recursos públicos em projetos de autoria do governo ainda em tramitação 


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O plenário do TCU manteve nesta quarta-feira, 9, a suspensão da propaganda do pacote anticrime. A suspensão já havia sido determinada monocraticamente pelo do ministro Vital do Rêgo, na terça-feira, 8. Votaram a favor da suspensão os ministros Bruno Dantas, Augusto Nardes, Aroldo Cedraz e Raimundo Carreiro, além da ministra Ana Arraes. Contrários a decisão de Vital do Rêgo votaram Augusto Sherman e Walton Alencar.

Vital, em seu relatório, aceitou a tese levantada pelos autores da ação que afirmaram que não cabe o uso de recursos públicos em projetos de autoria do governo ainda em tramitação.