Sinduscon Ceará apura causas do desabamento de prédio no Dionísio Torres

"Estamos vendo com o Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará) as possíveis causas dessa tragédia, quem construiu o prédio, quanto tempo de construção ou se ocorreram ou não reformas", declarou ao Focus o presidente do Sinduscon Ceará, André Montenegro


Foto: Divulgação WhatsApp

Átila Varela
atila@focus.jor.br

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado do Ceará (Sinduscon Ceará)  investiga as causas do desabamento do prédio no bairro Dionísio Torres, na manhã desta terça-feira, 15.

“Estamos vendo com o Crea (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará) as possíveis causas dessa tragédia, quem construiu o prédio, quanto tempo de construção ou se ocorreram ou não reformas”, declarou ao Focus o presidente do Sinduscon Ceará, André Montenegro.

“As estruturas de concreto são seguras. Foram feitas para durar, não digo a vida toda. Mas as pessoas esquecem de realizar a inspeção predial, considerando que o coeficiente de segurança das construções é alto”, explicou.

Leia Mais
+Urgente: Edifício desaba no bairro Dionísio Torres