Setor de serviços registra alta de 0,3% no Ceará em 2019

As atividades que mais apresentaram alta foram transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, com 4,4%. Serviços prestados às famílias, que englobam alojamento e alimentação, por exemplo, cresceram 1,8%


impostos
A decisão contempla os tomadores de serviços como planos de saúde, cartões de crédito e consórcios (PLP 461/17). Foto: Freepik

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O setor de serviços no Ceará registrou crescimento de 0,3% em 2019. É o que afirma a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada hoje, 13, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As atividades que mais apresentaram alta foram transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio, com 4,4%. Serviços prestados às famílias, que englobam alojamento e alimentação, por exemplo, cresceram 1,8%. Já o subsetor de serviços profissionais, administrativos e complementares girou em 1,2%.

Apesar das altas, o que puxou o resultado para baixo foi o segmento de outros serviços, amargando queda de 15,3% no ano passado.

Em comparação com Bahia e Pernambuco, o Ceará ficou em segundo lugar no Nordeste. Os pernambucanos ficaram na frente (alta de 0,5%), enquanto os baianos apresentaram queda de 2,2% no setor de serviços. O Brasil, por sua vez, registrou alta de 1% em 2019.