Setor de serviços no Ceará cresceu 21,6% em abril

Apesar do percentual positivo, é preciso lembrar que no ano passado, o Estado passava por um lockdown. Comércio e outras atividades relacionadas ao setor de serviços acabaram impactadas


Serviço de reparo. Foto: Freepik

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O setor de serviços cearense registrou alta de 21,6% no mês de abril. É o que revela a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada nesta sexta-feira, 11, pelo IBGE.

A maior alta foi vista no segmento de transportes, serviços auxiliares a transportes e correios, somando 57,1%.

Em segundo aparecem serviços profissionais, administrativos e complementares, com 33%. Em terceiro, serviços prestados às famílias (14,3%).

No acumulado do ano, no entanto, o Estado registra queda de 2%.

Quem mais perdeu foram os segmentos de serviços prestados às famílias, com retração de 31,4% e outros serviços (19,8%). Os destaques positivos surgiram com serviços profissionais, administrativos e complementares, com alta de 10,2%, e transportes, serviços aos transportes e correio, com 3,2%.

Apesar de os números serem favoráveis, é preciso lembrar que no ano passado, o Estado passava por um lockdown. Comércio e outras atividades relacionadas ao setor de serviços acabaram impactadas.

O mesmo ocorreu com o setor de transportes. A frota de ônibus, ainda que em número reduzido, seguida rodando.

Foi instituído o trabalho home office em diversas empresas, reduzindo o uso do ônibus.