Secretários de Saúde se mostram “estarrecidos” após discurso de Bolsonaro

"O que vimos em seu pronunciamento foi uma tentativa de desmobilizar a sociedade brasileira", diz a carta


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Os secretários estaduais de Saúde do Brasil publicaram uma carta aberta ao presidente Jair Bolsonaro após após pronunciamento na terça-feira, 25. Os representantes declararam estar “estarrecidos” com as palavras do chefe do Executivo.

“Assistimos estarrecidos ao pronunciamento em cadeia nacional do Presidente da República, Jair Bolsonaro. É preciso demonstrar ao Brasil as suas consequências e a necessidade de que a população perceba a gravidade do momento que estamos vivendo”, inicia o documento.

Os secretários ainda explicam no texto que há uma luta intensa no enfrentamento da Covid-19. “Não temos qualquer intenção de politizar o problema. (…) Já temos dificuldades demais para enfrentar. Não podemos permitir o dissenso e a dubiedade de condução do enfrentamento à Covid-19”, pontuam.

“Assim, é preciso que seja reparado o que nos parece ser um grave erro do Presidente da República”, ressalta o texto. “Infelizmente o que vimos em seu pronunciamento foi uma tentativa de desmobilizar a sociedade brasileira, as autoridades sanitárias de todo o país. Sua fala dificulta o trabalho de todos, inclusive de seu ministro e técnicos”, explica. Leia a carta na íntegra.