Saindo do forno, vejam o Datafolha de São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Recife

Entre essas quatro capitais, somente o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, apresenta-se em situação bem consolidada antes mesmo do início do horário eleitoral.


DATAFOLHA RIO DE JANEIRO

Paes (DEM) – 30%.
Crivella (Republicanos) – 14%
Martha Rocha (PDT) – 10%
Benedita da Silva (PT) – 8%
Renata Souza (PSOL) – 3%
Eduardo Bandeira de Mello (Rede) – 3%
Cyro Garcia (PSTU) – 2%
Clarissa Garotinho (PROS), Fred Luz (Novo), Luiz Lima (PSL) e Paulo Messina (MDB) – 1%
Glória Heloíza (PSC), Henrique Simonard (PCO) e Suêd Haidar (PMB)  – menos de 1%.
Brancos e nulos somam 22% e 3% disseram não saber ou não quiseram opinar

DATAFOLHA SÃO PAULO

Celso Russomanno (Republicanos) – 27%
Bruno Covas (PSDB) – 21%
Guilherme Boulos (PSOL) – 12%
Marcio França (PSB) 8%
Arthur Do Val (Patri) 3%
Andrea Matarazzo (PSD) 2%
Levy Fidelix (PRTB) 2%
Jilmar Tatto (PT) 1%
Vera Lúcia (PSTU) 1%
Joice Hasselmann (PSL) 1%
Marina Helou (Rede) 1%
Orlando Silva (PC do B) 1%
Filipe Sabará (Novo) 1%
Antônio Carlos (PCO) 1%
Em branco/Nulo/Nenhum – 12 %
Não sabe – 4 %

DATAFOLHA BELO HORIZONTE

Kalil (PSD) – 56 %
João Vitor Xavier (Cidadania) – 6 %
Áurea Carolina (PSOL) – 3 %
Bruno Engler (PRTB) – 3 %
Nilmário Miranda (PT) – 2 %
Professor Wendel Mesquita (Solidariedade) – 2 %
Rodrigo Paiva (Novo) – 2 %
Cabo Xavier (PMB) – 1 %
Fabiano Cazeca (Pros) – 1 %
Marcelo Souza e Silva (Patriota) – 1 %
Marília Domingues (PCO) – 1 %
Wanderson Rocha (PSTU) – 1 %
Lafayette Andrada (Republicanos) – 0,0
Luisa Barreto (PSDB) – 0,0
Wadson Ribeiro (PC do B) – 0,0
Em branco/nulo/nenhum – 13 %
Não sabe – 7 %

João Campos (PSB) – 26 %
Marília Arraes PT) – 17 %
Mendonça Filho (DEM) – 16 %
Delegada Patrícia (Podemos) – 10 %
Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) – 2 %
Carlos (PSL) – 1 %
Coronel Feitosa (PSC) – 1 %
Charbel (Novo) – 0 %
Claudia Ribeiro (PSTU) – 0%
Thiago Santos (UP) – 0%
Victor Assis (PCO) – 0%
Em branco/nulo/nenhum – 21 %
Não sabe – 5 %

 

Fábio Campos

Jornalista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi repórter de política e articulista do O Povo, o mais tradicional veículo de jornalismo impresso do Ceará, onde editou a Coluna Política por 14 anos (1996-2010) e a Coluna Fábio Campos por sete anos (2010-2017). Também foi editorialista do mesmo veículo entre 2013 e 2017. Concomitantemente às funções no jornal, editou o Anuário do Ceará por 15 anos, modernizando o conteúdo e o projeto gráfico da prestigiada publicação. Apresentou o programa Jogo Político na TV O Povo por 12 anos, ancorou o programa Contraponto na TV Cidade (Record), foi comentarista de política na TV Jangadeiro (SBT) e na rádio O Povo/CBN. Em agosto de 2017 iniciou a startup Focus.jor.