“Quero transformar um aquário de mosquito da dengue em um aquário de mentes brilhantes”, diz Capitão Wagner

"A gente tem uma capacidade intelectual gigante e a gente pode, através daquele espaço, criar ali um grande hub de tecnologia", disse o deputado


Foto: O Globo

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Capitão Wagner (União Brasil), candidato ao Governo do Estado, disse ontem, quinta-feira, 11, em entrevista ao jornal O Povo que, se eleito, pretende retomar as obras no Acquario Ceará, contudo, com outro foco.

“Quero transformar um aquário de mosquito da dengue em um aquário de mentes brilhantes”, disse.

“A gente tem uma capacidade intelectual gigante e a gente pode, através daquele espaço, criar ali um grande hub de tecnologia. Um hub onde a gente vai preparar jovens para colocar no mercado de trabalho, onde a gente vai colocar empresas para interagirem uma com a outra”, destacou.

Ele lembrou, inclusive, do aquário do Rio de Janeiro, que conheceu durante viagem. Ele destaca que não houve nenhum investimento público na construção do espaço. “Enquanto que o nosso, já consumiu R$ 200 milhões. E, para terminar a obra, precisa de mais R$ 300 milhões, ou seja, R$500 milhões somente de recurso público. É completamente inviável”.