Produtividade em vendas: o que você precisa saber para o sucesso de um negócio. Por Diego Azevedo


Diego Azevedo é especialista em reestruturação comercial. Foto: Divulgação

Em qualquer momento, acelerar vendas é um desafio para qualquer empresa e o que se torna mais rentável para o negócio é aumentar a produtividade do time. O foco deve ser elevar os resultados em relação ao esforço total da equipe, mantendo o tão desejado ROI (Retorno Sobre Investimento) dentro da meta almejada.

Porém, muitos sabem que melhorar a produtividade em vendas, apesar de necessário, não é uma tarefa tão simples. Isso porque há o risco de interferir negativamente nos resultados devido a adoção de alguma medida tomada sem mensurar efetivamente todos seus impactos.

Infelizmente, não são todos os negócios que conseguem manter a produtividade em vendas dentro de um padrão eficiente. Segundo dados da Aberdeen Strategy & Research, empresa internacional de inteligência de marketing, 65% dos vendedores não conseguem atingir sua meta de vendas anual.

Também em recente pesquisa, a Thunderhead revelou que 80% das vendas realizadas pelas empresas só acontecem entre o segundo e o quinto contato, e apenas 20% dos vendedores chegam a fazer um terceiro contato com o cliente.

Um dos motivos está ligado ao acumulo de funções do time de vendas, já que a maioria deles gastam mais de 50 dias inteiros realizando atividades que não fazem parte de sua atuação principal.

Visto isso, não dá para negar que as equipes comerciais precisam – e muito – de ações com foco em aumentar a capacidade de produzir mais resultados. Nesse sentido, é preciso se perguntar o que é válido na hora de aprimorar a produtividade em vendas. Embora não exista fórmula mágica, é possível atuar para que este crescimento aconteça de forma gradual e natural a equipe, testando novas táticas e identificando o que funciona melhor para a empresa.

Também é importante lembrar de quatro pilares que estão diretamente ligados a eficiência dentro de uma organização: Pessoas, Processos, Gestão e Tecnologias.

Agora que você já conhece os principais elementos que são capazes de transformar a produtividade em vendas, não deixe de refletir sobre o quanto o seu negócio realmente olha para cada um desses pontos.