Presidente do Crea-CE afirma que as construções de Fortaleza “estão envelhecidas e deterioradas”.

Segundo o presidente, "os proprietários e administradores dos imóveis devem realizar os necessários planos de manutenção com profissionais e empresas regulamentadas, sejam construções residencias, comerciais ou industriais". 


O presidente do Crea-CE, Emanuel Mota, divulgou nota na tarde desta terça-feira. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE), engenheiro Emanuel Mota, divulgou nota na tarde desta terça-feira, 15, afirmando que o desabamento de um prédio em Fortaleza nesta manhã é uma demonstração que as construções de Fortaleza “estão envelhecidas e deterioradas”. Segundo o presidente, “os proprietários e administradores dos imóveis devem realizar os necessários planos de manutenção com profissionais e empresas regulamentadas, sejam construções residencias, comerciais ou industriais”.

Emanuel Mota confirmou que existe um registro de obra do prédio, que foi dado entrada na segunda-feira, 14. Portanto, não houve tempo suficiente para saber o estágio atual da reforma que estava sendo realizada.

 

Veja a íntegra da Nota:

Declaração Oficial

Este malsinado evento é mais uma prova que a cidade de Fortaleza e suas construções estão envelhecidas e deterioradas.

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará (Crea-CE) vem mais uma vez a público salientar a importância e reafirmar a necessidade de que além de contratar engenheiros e equipes especializadas para construção dos empreendimentos, os proprietários e administradores dos imóveis devem realizar os necessários planos de manutenção com profissionais e empresas regulamentadas, sejam construções residencias, comerciais ou industriais.

A Perícia Forense do Ceará deve apontar a real causa do acidente através de laudo técnico, mas é importante salientar que toda e qualquer obra ou serviço de engenharia, além de exigir a elaboração de laudos de vistoria, obrigatoriamente se deve ter um profissional habilitado como responsável técnico com uma ART emitida por ele próprio e registrada no CREA-CE.

Nossa equipe está à disposição da sociedade e dos órgãos competentes e de prontidão para receber denúncias, fiscalizar e se necessário, autuar, pela falta de documentação para execução de qualquer obra no Estado do Ceará.

Podemos ser contatados pelo telefone – 3453.5800; whatsapp – 99113.3289; site (creace.org.br) e também pelo nosso aplicativo disponível para android e iOS – CREA-CE.

Emanuel Mota
Presidente do CREA-CE (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Ceará)