Pré-candidatura de Datena impacta os planos da Band para 2022

A saída do apresentador preocupa os executivos, pois pode enfraquecer a audiência da emissora


Luiz Datena. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Datena anunciou na última quarta-feira, 13, que vai deixar o programa “Brasil Urgente” para se candidatar ao cargo de presidente do País nas eleições de 2022. Essa não é a primeira vez que o jornalista e apresentador estuda a possibilidade de candidatura –– em 2018, ele chegou a sair da TV para concorrer ao Senado, mas desistiu da ideia dias depois. Nunca, porém, a possível despedida do apresentador trouxe tantas dúvidas à Band.

A programação 2022 da Band é elaborada a partir dos bons índices de audiência obtidos diariamente por Datena. A ideia da emissora é criar uma “esteira” de sucessos, que começaria às 16h, com o “Brasil Urgente”, seguiria às 19h20, com o “Jornal da Band”, e desembocaria no novo programa de Faustão, às 20h30.

O receio dos executivos é que a saída de Datena, independente de quando, enfraqueça a inédita sequência de carros-chefes de audiência da grade, que coloca a Band em condições de ultrapassar o SBT na Grande São Paulo.

O “Brasil Urgente”, programa apresentado por Datena, consolidou 4,5 pontos de média e 5,8 de pico, os melhores índices de toda a Band. Atrações de horário nobre do SBT, como “A Usurpadora” e “Roda a Roda” não chegaram tão longe.