Por WhatsApp, TRT-CE homologa férias coletivas para construção civil de Fortaleza e região metropolitana

"A importância desse acordo é que evitamos demissões em massa da categoria”, destaca o juiz trabalhista na decisão


Imagem: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará (TRT/CE)  homologou acordo entre patrões e empregados da construção civil de Fortaleza e região metropolitana para férias coletivas de 15 dias, como medida de prevenção à proliferação ao novo coronavírus. O acordo foi Sindicato da Indústria de Construção Civil do Ceará (Sinduscon/CE) e o Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil da Região Metropolitana de Fortaleza e foi chancelado pelo  desembargador Antonio Parente em regime de plantão. O afastamento temporário tem nessa segunda-feira,23.

De acordo com o acordo, a antecipação deve ser obrigatória para empregados acima de 60 anos, diabéticos, hipertensos, com insuficiência renal ou doença respiratória crônica, uma vez que são considerados segmentos da população mais vulneráveis à covid-19. A concessão de férias devem ser estendidas para todos os funcionários, independentemente do tempo de empresa. O prazo das férias coletiva pode ser aumentado, a critério do empregador. No acordo, ficou estipulada as regras para o pagamento das férias, segundo as hipóteses de férias integrais ou proporcionais.

Para o desembargador Antonio Parente, a proposta homologada não desvirtua convenção coletiva de trabalho nem conta com natureza de decisão judicial, pois foi firmado no âmbito de relação pré-processual.  “A importância desse acordo é que evitamos demissões em massa da categoria”, destaca o juiz trabalhista.

Em razão do novo coronavírus que proíbe as audiências presenciais, todo o ato foi realizado pelo aplicativo WhatsApp.

*Com informações TRT7

Leia Mais
+ Camilo destina R$ 97 milhões para combater o Covid-19 no Ceará

+ Jair Bolsonaro diz que serão enviados 5 milhões de testes aos estados, em março
+ Sarto anuncia R$ 46 milhões dos deputados estaduais para combate ao coronavírus
+Hospital Albert Einstein vai testar a hidroxicloroquina contra o COVID-19
+Em vídeo, Bolsonaro diz que laboratórios do Exército vão fabricar a Cloroquina
+Vídeo: exemplo a ser seguido no Ceará, Portugal leva a sério movimento “Fica em Casa”
+Urgente: Roberto Cláudio testa positivo para coronavírus
+Brasil já usa cloroquina para casos graves do COVID-19 e inicia produção em massa do medicamento
+Cloroquina, antigo e barato medicamento, pode ser a luz no fim do túnel contra a COVID-19
+Possível efeito colateral do COVID-19: eleições adiadas e mandatos de prefeitos e vereadores prorrogados
Coronavírus e dilemas democráticos: o prazo das eleições será contaminado? Por Raquel Cavalcanti
+Sobe para 904 número de casos de coronavírus no País; 11 mortes confirmadas
+Moro restringe entrada de estrangeiros nos aeroportos brasileiros; medida vale a partir do dia 23
+Prisco é diagnosticado com coronavírus
+Senado aprova estado de calamidade pública por coronavírus
+Governo facilita liberação de R$ 10 bi a planos de saúde para evitar sobrecarga do sistema
+Bolsonaro: crescimento econômico do Brasil ficará estagnado em 2020
+Ceará e Fortaleza colocam CTs à disposição no combate ao coronavírus
+A nova justiça com o Covid-19, por Frederico Cortez