PT decide não apoiar CPI de Brumadinho

Requerimento para criação da CPI é de autoria dos senadores Carlos Viana (PHS-MG) e Otto Alencar (PSD-BA)


Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) retirou seu nome da CPI que apura a tragédia em Brumadinho, Minas Gerais. De acordo com O Antagonista, o parlamentar não participa por orientação do partido. Prates chegou a assinar o documento.

O requerimento para criação da CPI é de autoria dos senadores Carlos Viana (PHS-MG) e Otto Alencar (PSD-BA).  No total, eram necessárias 27 assinaturas para proceder com a comissão. Contudo, o total de assinantes chegou a 30.