PDT tira indicativo de apoio à candidatura de Rodrigo Maia à presidência da Câmara

As conversas com Rodrigo Maia devem ser coordenadas pelo deputado André Figueiredo (PDT-CE), que foi reconduzido à liderança do partido na Câmara. 


Edvaldo Araújo
edvaldo@focus.jor.br

O PDT deve apoiar a candidatura de Rodrigo Maia à presidência da Câmara Federal. O indicativo de apoio foi definido no Encontro da Executiva Nacional do PDT, que acontece no Rio de Janeiro. As conversas com Rodrigo Maia e com o PCdoB e PSB – que, com os trabalhistas, formam um dos blocos partidários na Câmara – devem ser coordenadas pelo deputado André Figueiredo (PDT-CE), que foi reconduzido à liderança do partido na Câmara.

Segundo Figueiredo, Maia tem afirmado para os representantes do PDT-PCdoB-PSB que manterá a independência da Câmara, apesar de já ter recebido o apoio do PSL e de outros partidos da base governista. “Além do mais, caso não o apoiemos, praticamente jogaríamos ele (Rodrigo Maia) nos braços somente dos partidos da base do Governo. Ele nos disse que o espaço da oposição está garantido. Dentro desta perspectiva é que trabalharemos para que o Legislativo tenha sua institucionalidade e a independência com relação ao Executivo garantidos”, afirmou.