Hospital de Messejana, Sesa e Cremec são notificados por Sindicato dos Médicos

Hospital decidiu suspender parcialmente atendimentos até sábado, 4


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O Sindicato dos Médicos do Ceará notificou nesta sexta-feira, 3, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), o Conselho Regional de Medicina do Ceará (Cremec) e a Direção do Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (Hospital de Messejana). O sindicato solicita esclarecimentos e providências sobre a suspensão dos atendimentos no período das 13h de quinta-feira, 2, até às 13h de sábado, 4, a pacientes de busca espontânea, com exceção dos casos de infarto, bloqueio atrioventricular e risco imediato de morte.

Na última quinta-feira (2), a Direção Geral do Hospital de Messejana enviou um documento à Chefia da Unidade de Emergência, informando sobre a decisão. “A medida foi tomada em função da incapacidade de atendimento por conta da alta procura da emergência do hospital e pela falta de leitos vagos para atender os pacientes”, relata o documento. Segundo o hospital, o objetivo é de proteger os pacientes internados e os profissionais de saúde que atuam no referido setor.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Médicos, Dr. Edmar Fernandes, o sindicato está solicitando esclarecimentos sobre a situação. “É de suma importância que o Hospital funcione em sua plenitude, atendendo toda a demanda da população (…) Não é justo que nem profissionais e, nem pacientes, sejam penalizados”, relata.