General e Capitão: Theophilo e Wagner trabalham juntos em Brasília

O futuro secretário nacional da Segurança Pública e o deputado federal eleito avaliam uma reorganização do sistema penitenciário brasileiro.


Nathália Bernardo
nathalia@focus.jor.br

O deputado federal eleito Capitão Wagner (Pros) e General Theophilo, futuro secretário da Segurança Nacional, se reuniram nesta semana em Brasília. Na pauta, a segurança do Ceará e do Brasil. Ambos avaliam uma reorganização do sistema penitenciário nacional a partir do modelo do Rio Grande do Norte. O assunto terá sequência na próxima semana, em novo encontro.

Os militares foram companheiros de coligação nas eleições estaduais deste ano. O General encabeçou a chapa PSDB – Pros, ficando em segundo lugar na disputa pelo Governo do Estado. Já o Capitão foi o deputado federal mais votado do Ceará. No segundo turno, por intermédio de Wagner, Theophilo aderiu à campanha de (também capitão) Jair Bolsonaro.

Em tempo: Wagner chegará à Câmara dos Deputados, em 2019, como vice-líder da bancada do Pros. Em 2020, conforme acordo fechado, ele passará a ser líder.