De Luizianne sobre RC: “A imprensa é generosa com o prefeito. Ele fechou a boca de quase todas as instituições”

Potencial candidata em 2020, a petista diz que a gestão do prefeito "é completamente senso comum".


Por Fábio Campos
fabiocampos@focus.jor.br

A ex-prefeita Luizianne Lins (PT) falou com exclusividade ao Focus a respeito dos resultados da sondagem do instituto Paraná Pesquisas, que mostrou uma aprovação de 59,5% da gestão do prefeito Roberto Cláudio (PDT em Fortaleza.

Veja a seguir os pontos abordados pela deputada federal do PT, que é potencial candidata de oposição a RC nas eleições de 2020.

1Achei muito precipitado dizer que quase 60% aprovam a administração dele quando na verdade a gestão não chega a 9% de “ótimo” na avaliação mostrada pela pesquisa. É precipitado falar em 60% quando se tem um índice de aprovação abaixo de dois dígitos no início do sétimo e penúltimo ano à frente do cargo. Ano que vem já é a sucessão.

2É importante lembrar a imensa coalizão de partidos que está na órbita do prefeito. É muito sim, e quase nada de contestação e fiscalização.

3Um terceiro ponto, que impressiona mais que os 8,9% de “ótimo”, é o seguinte: o prefeito não sofre críticas da imprensa. É tudo muito enquadradinho. A imprensa é muito generosa com a gestão e com o prefeito. Ele fechou a boca de quase todas as instituições, infelizmente. Cá e acolá é que aparecem vozes dissonantes.

4 O quatro elemento é que ele faz uma administração completamente senso comum. Quem faz administração para o senso comum normalmente faz com que seja mais bem avaliado. Ou seja, não tem nada ousado, não tem nada diferente. Não tem nada inovador na administração dele. E todas as obras que ele fez eram previstas. No Transfor, por exemplo. Umas [obras], eu não concordava por serem fora de tempo. Viadutos…, essas coisas todas, estão em desuso. Cidades não fazem mais viaduto. Na minha época, eu pedia para encontrarem outras soluções. Do Transfor, fui fazendo as coisas que de fato eram modernas e fundamentais pra cidade. Então, tem uma série de coisas que… a crítica para mim tem que ter consistência, não sou afeita a picuinhas e coisas pequenas. Não sou um Ciro Gomes da vida.

Leia Mais
+Administração de RC é aprovada por 59,5% dos fortalezenses.