Damares pede urgência na tramitação do projeto que regulariza ensino domiciliar no País

Com a urgência, os prazos para análise ficarão mais curtos. Nesse sentido, o texto segue diretamente para apreciação do plenário, sem a necessidade de votações nas comissões da Câmara e do Senado


A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves / Wilson Dias/Agência Brasil

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A ministra da Família, Mulher e dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que o vai pedir ao Governo regime de urgência na tramitação do projeto de lei que propõe regularizar o ensino domiciliar no País.

Assinado na última quinta-feira pelo presidente Jair Bolsonaro, durante a cerimônia de comemoração dos 100 dias do Governo, ele prevê o ensino das crianças por pais e professores particulares.

Com a urgência, os prazos para análise ficarão mais curtos. Nesse sentido, o texto segue diretamente para apreciação do plenário, sem a necessidade de votações nas comissões da Câmara e do Senado.