Ciro diz que Gleisi é a “chefe” da quadrilha e PT ameaça entrar com processo

Ciro afirmou que Gleisi e o marido "estão enrolados em tudo", referindo-se aos atos de corrupção atribuídos ao PT. O senador Humberto Costa (PT-PE) afirmou que o partido deve tomar uma posição.


Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Ciro Gomes (PDT) voltou a bater forte no PT e em Gleisi Hoffmann. Na entrevista ao Valor Econômico, nesta terça-feira, 12, Ciro afirmou que Gleisi, atual presidente nacional do PT, era a “chefe” quadrilha. “Sim, não tenho dúvida. Ela é a chefe. Ela e o marido estão enrolados em tudo. Se quiserem me processar, já estou acostumado. Estou falando a verdade. Não vale me processar por dano moral. Me processe por calúnia que tenho direito a demonstrar”, afirmou.

Em socorro à Gleisi Hoffmann saiu o líder do PT no Senado, senador Humberto Costa (PE). Segundo ele, o partido “estava deixando passar, acreditando que era algo pessoal do Ciro”. “Mas está ficando complicado. Amanhã vamos ter uma reunião [do partido] e vamos ver o que o PT vai fazer. Eu defendo que tem que fazer alguma coisa na Justiça. Não é a primeira vez que ele dá declarações como essa”, afirmou Costa ao site O Antagonista.