Bolsonaro usa vídeo de bandido incendiário de Caucaia para pedir leis mais duras

"Olha aí, Bolsonaro seu arrombado. Se você continuar oprimindo os irmão ó, vai ver só isso aí. O fogo vai pegar na Caucaia".


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) usou a postagem com vídeo de um oficial da PM do Ceará no Twitter para pedir o endurecimento das leis de combate ao crime. “Note a necessidade mais que urgente de se mudar a legislação com participação de todas as esferas de Poderes e Imprensa. Não porque o marginal ameaça citando meu nome, mas para mostrar ao povo ordeiros de que lado estão o Executivo, Legislativo e Judiciário”.

O vídeo respostado por Bolsonaro é do twitter do tenente da PM do Ceará, Thiago Holanda. As imagens mostram um posto de gasolina em chamas em mais uma ação do terror no Ceará. No post, o tenente faz o seguinte comentário: “Vagabundo incendiando posto de combustível na Caucaia e ameaçando nosso presidente. Desgraçados! Na sequência, vem o 

Em outro comentário também no Twitter, o presidente da República disse que os bandidos “sabem exatamente o que fazem e porquê! Combate-los é simples e rápido, mas requer que os Poderes permitam mecanismos para realmente defender a população! Sozinho fazemos nossa parte, contudo é necessário ações para que os agentes de segurança possam dar a efetiva resposta”.

No vídeo, gravado por um dos incendiários, o meliante diz que as ações do terror são uma reação a Jair Bolsonaro: “Olha aí, Bolsonaro seu arrombado. Se você continuar oprimindo os irmão ó, vai ver só isso aí. O fogo vai pegar na Caucaia, seu arrombado. Você vai ver, seu arrombado. Está oprimindo os irmão”.

Vejam o vídeo abaixo