Bolsonaro: “Hoje em dia continua muito difícil ser patrão no Brasil”


Equipe Focus
equipe@focus.jor.br

“Hoje em dia continua muito difícil ser patrão no Brasil”. A afirmação é do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Nesta terça-feira, 4, após conversa com parlamentares do MDB e do PRB, em coletiva de imprensa, Bolsonaro garantiu que pretende aprofundar as reformas trabalhistas com medidas mais favoráveis aos empregadores para estimular novas contratações.

Mesmo sem entrar em detalhes sobre como proceder para realizar as modificações na legislação trabalhista, o presidente eleito voltou a afirmar que “não basta ter direitos e não ter empregos, esse é o grande problema que existe”.

O presidente eleito também contou que tem recomendado a empregadores que “entrem na guerra” pela mudança da legislação. “Tenho dito que vão ter que entrar nessa guerra, não dá para deixar só com governo. Alguns dizem que podemos nos aproximar da legislação de outros países como os Estados Unidos, mas acho que seria aprofundar demais.”