PF combate crime de pornografia infantojuvenil pela internet

As investigações foram iniciadas a partir de notícia que apontava que vários perfis em uma rede social atuavam ilicitamente para obter imagens e vídeos de pornografia infantojuvenil.


Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Polícia Federal deflagrou a operação policial Viagia, na manhã desta sexta-feira, 7, em Fortaleza, com o objetivo de interromper a produção, armazenamento e compartilhamento de arquivos envolvendo pornografia infantil por meio de redes sociais na Internet.

Oito policiais federais cumprem dois Mandados de Busca e Apreensão expedidos pela Justiça Federal, em domicílios investigados em Fortaleza.

As investigações foram iniciadas a partir de notícia que apontava que vários perfis em uma rede social atuavam ilicitamente para obter imagens e vídeos de pornografia infantojuvenil.

Foram confirmados indícios de autoria criminal durante as buscas, mas não houve flagrante de posse de material contendo pornografia infantil. O suspeito está sendo ouvido na sede da PF. Não houve prisão. O suspeito alegou que parou de praticar o crime por pressão familiar.

O investigado poderá responder pelo cometimento, em tese, dos crimes de armazenamento e difusão de material pornográfico envolvendo criança ou adolescente, sem prejuízo da descoberta de outros crimes mais graves praticados em detrimento de vulneráveis. As investigações continuam com análise do material apreendido.