Petrobras poderá pagar até 14% em dividendos, diz Santander

Segundo analistas do banco, a venda de ativos pela companhia poderá render cerca de R$ 11,5 bilhões.


Foto: Agência Petrobras.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Com a venda das ações restantes da Petrobras na BR Distribuidora, cujo valor é estimado em cerca de R$ 11,5 bilhões, os dividendos a serem pagos pela estatal podem chegar a 14%, segundo estimativa dos analistas do Santander. O relatório do banco foi enviado aos clientes nesta sexta-feira, 17, e publicado pelo site Money Times.

De acordo com os analistas da instituição, o montante de expressivos 14% em dividendos seria possível pela redução da sua dívida bruta da companhia de US$ 71 bilhões para US$ 60 bilhões no início do quarto trimestre de 2021, redução que ocorreria “mais cedo do que o esperado”.

O banco estima uma “sólida” geração de fluxo de caixa da Petrobras em 2021, impulsionada pela venda das ações, compensação da transferência de direitos do pré-sal no valor de US$ 2,9 bi no campo de Búzios e pelos desinvestimentos em andamento.