Pesquisa mostra que Lula venceria Bolsonaro, Ciro e Huck em eventuais cenários de 2º turno

A pesquisa PoderData realizada nesta semana — de 7 a 9 de junho — mostra a vantagem do petista cair sobre o chefe do Executivo.


Bolsonaro e Lula. Foto: Alan Santos

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria o atual Jair Bolsonaro (sem partido) o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) e o apresentador Luciano Huck em um eventual 2º turno em 2022.

A pesquisa PoderData realizada nesta semana — de 7 a 9 de junho — mostra a vantagem do petista cair sobre o chefe do Executivo. Em abril, o levantamento marcava 52% para Lula e 34% para Bolsonaro. Hoje, o cenário mostra 48% a 37% para o petista.

Já contra outros adversários, a vantagem de Lula é mais ampla. Contando com 42% das intenções de votos contra Ciro, que teria; e 45%, em disputa contra Luciano Huck, que receberia 24. Essa diferença era de apenas 4 pontos percentuais, no levantamento feito em abril.

Apesar de melhorar o desempenho na disputa contra Lula, Bolsonaro vê seus números piorarem em duelos contra outros presidenciáveis. Na simulação de 2º turno com o ex-governador do Ceará, o atual presidente receberia apenas 36% dos votos, Ciro ficaria com 44%.

Contra o governador de São Paulo João Dória, os dois ficariam empatados com 39%, cada. Já em cenário contra o global Luciano Huck, Bolsonaro receberia 35% dos votos, enquanto o apresentador teria 45%.

O PoderData ouviu, por telefone, 2.500 entrevistas em 522 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.