Pesquisa avalia impactos econômicos e sociais da Covid-19 em famílias cearenses

O intuito é avaliar renda e produção agrícola, papel das associações comunitárias e impactos sociais da pandemia nos territórios do Cariri Oeste e sertões de Sobral e dos Inhamuns


Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

Por meio de uma pesquisa virtual, 1.600 famílias atendidas pelo Projeto Paulo Freire serão avaliadas sobre os impactos econômicos e sociais da Covid-19. O intuito é avaliar renda e produção agrícola, papel das associações comunitárias e impactos sociais da pandemia nos territórios do Cariri Oeste e sertões de Sobral e dos Inhamuns.

A pesquisa remota será aplicada pelas entidades que prestam Assessoria Técnica Contínua pelo Projeto Paulo Freire e segue até 5 de junho. Para as famílias que não dispõem de acesso à tecnologia, a aplicação do formulário contendo 24 perguntas é realizada por ligação telefônica. A sensibilização, mobilização e orientação foi desenvolvida pelos jovens do projeto.

A Assessoria Técnica Contínua é executada pelas entidades: Centro de Estudos e Assistência às Lutas do Trabalhador (Cealtru), Centro de Estudos do Trabalho eAssessoria ao Trabalhador (Cetra), Cáritas Diocesana de Crateús, Centro de Pesquisa e Assessoria Esplar, Instituto Antônio Conselheiro (IAC), Instituto Flor do Pequi e ONG Cactus.