Pesos pesados do PIB assinam manifesto por Simone Tebet, “a melhor via para o Brasil”

Entre os 281 signatários, nomes como Walter Schalka (Suzano); Antonio Luiz Seabra, Guilherme Leal e Pedro Passos (Natura); Horacio Lafer Piva (Klabin) e Antonio Carlos Pipponzi (Raia Drogasil)); além de economistas como Armínio Fraga, Edmar Bacha e Pedro Malan.


Um dia após a confirmação da candidatura de Simone Tebet (MDB-MS) a presidente da República, 281 influentes no PIB brasileiro assinaram um manifesto de apoio à senadora. Nõ é comum esse tipo de documento orioundo do mundo empresarial, principalmente numa economia tão dependente de relações com o setor público e no âmbito de uma disputa que se apresenta ideologicamente polarizado.

As quase 300 assinaturas no manifesto intitulado “A melhor via para o Brasil” são de empresários, executivos e economistas. Entre os signatários, nomes como Walter Schalka (Suzano); Antonio Luiz Seabra e Guilherme Leal e Pedro Passos (Natura); Horacio Lafer Piva (Klabin) e Antonio Carlos Pipponzi (Raia Drogasil)); além de economistas como Armínio Fraga, Edmar Bacha e Pedro Malan.

Não há dúvidas que o apoio do PSDB à candidatura de Simone Twebet e o indicatiovo de que Tasso Jereissati deve compor a chapa como candidato a vice-presidente teve peso para gerar o movimento em torno do manifesto.

“Fiéis ao nosso compromisso com o Brasil e conscientes da necessidade de seguirmos trabalhando por um país mais justo, eficiente e sustentável, não podemos nos omitir”, diz um trecho inicial do manifesto.

Na sequência, o documento ressalta que o País precisa de um “nome comprometido com a democracia e empenhado em um projeto nacional de prosperidade, inclusão social e preservação do meio ambiente”.

O manifesto defende que o “Brasil precisa de um sonho que uma todos os brasileiros”  e destaca a necessidade de construir nova alternativa. O documento aponta que a união entre MDB, Cidadania e PSDB em torno de uma única candidatura é o caminho seguir.

“É com entusiasmo que aqui declaramos apoio ao nome da senadora Simone Tebet para liderar essa caminhada”, escrevem. “Uma mulher com a capacidade gerencial indispensável para pacificar o País e, ao mesmo tempo, a coragem necessária para enfrentar os interesses contrários à modernização.”

Veja abaixo o teor do manifesto e a lista de assinaturas

A MELHOR VIA
PARA O BRASIL

Fiéis ao nosso compromisso com o Brasil e conscientes da necessidade de seguirmos trabalhando por um país mais justo, eficiente e sustentável, não podemos nos omitir.

Queremos na Presidência da República um nome comprometido com a democracia e empenhado em um projeto nacional de prosperidade, inclusão social e preservação do meio ambiente. O brasileiro precisa de soluções, e o Brasil precisa de um sonho que una todos os brasileiros.

Acreditamos que é necessária a construção de uma nova alternativa. Por isso aplaudimos a sinalização do MDB, do Cidadania e do PSDB de seguirem juntos em torno de apenas uma candidatura à Presidência da República –a melhor via para devolvermos a esperança a todos os brasileiros e seus descendentes.

Confiamos haver tempo suficiente para que um movimento que incorpore diversos matizes políticos saia vitorioso na eleição presidencial com um grande programa que consolide o Brasil do século XXI. A democracia se faz com o debate de ideias, o respeito à diversidade de opiniões e a capacidade de conciliação em busca do interesse coletivo.

É com entusiasmo que aqui declaramos apoio ao nome da senadora Simone Tebet para liderar essa caminhada, nos somando aos muitos que já se manifestaram publicamente nessa direção. Uma mulher com a capacidade gerencial indispensável para pacificar o país e, ao mesmo tempo, a coragem necessária para enfrentar os interesses contrários à modernização. Com sensibilidade para perceber as grandes dores da população, como a fome, o desemprego, a inflação, a saúde, a educação, a habitação e a insegurança, e com determinação para fazer um governo que crie oportunidades para todos, sem deixar para trás nenhum brasileiro.

Abilio Afonso Baeta Neves
Abrão Rappaport
Adalbero Araujo Cavalcanti
Adriana Mattos Fráguas
Aerton Paiva
Affonso Celso Pastore
Afonso Carlos Corrêa Fleury
Alain Belda
Alessandra Cozzi
Alessandro Carlucci
Alexandre Bossi
Alexandre Silva
Alfredo Villela
Alvaro de Souza
Ana Carla Abrão
Ana Carolina Monteiro
Ana Couto
Ana Cristina Amaral Ferraz
Ana Lucia Egydio Martins
Ana Paula Bucceroni Guerra
Ana Paula Pessoa
André Moraes Barros
Andre Perosa
Andréa Calabi
Andrea Gouvêa Vieira
Andrea Lucchesi
Andrea Pinheiro
Anna Elisa de Villemor Amaral
Antonio Carlos Pipponzi
Antonio Fernando Costela
Antônio Kandir
Antonio Luiz Seabra
Antonio Matias
Antonio Meyer
Antonio Moreira Salles
Antonio Taliberti Jr.
Aod Cunha
Ari Weinfeld
Arlindo Marin
Arminio Fraga
Arthur Lescher
Ayrton Jorge Neto
Beatriz Rosenthal
Beatriz Tess
Betania Tanure
Bruno Barreto
Bruno Schmidt
Candido Bracher
Carla Galloni Tedeschi
Carla Schimitizberger
Carlos Ari Sundfeld
Carlos Betancourt
Carmen Alvares
Carola Matarazzo
Cassio Casseb
Cecilia Carvallho Meirelles
Celso Lafer
Celso Mori
Cesar Gon
Cesar Marrano Piovani
Christina Carvalho Pinto
Claudia Jaguaribe
Claudia Sender
Claudio Frischtak
Claudio Rezende Barbosa
Clovis Carvalho
Constança Meirelles Vieira
Cristiane Francez Sigolo Laloni
Cristiane Narimatsu
Cristina Pinotti
Daniel Auerbach
Daniel Gleizer
Daniela Nascimento Fainberg
Dario Guarita Neto
David Casimiro Moreira
David Zylbersztajn Demosthenes Pinho
Denise Coin kusminsky
Denise Steagall
Denise Stewart
Edmar Bacha
Eduardo Alvares
Eduardo Jorge
Eduardo Mufarej
Eduardo Viola
Eduardo Wurzmann
Eide Feldon
Eleazar de Carvalho
Elena Landau
Eliana Cardoso
Eliane Lustosa
Elisabete Szabo
Elizabeth Machado de Oliveira
Elizabeth Rudge
Emerson Kapaz
Fabio Barbosa
Fabio Lemmi
Fabio Villares
Fanny Grinfeld
Fatima Aparecida Alexandrowitsch
Fernanda Lunes
Fernando Reinach
Francisco Musnich Gerald Reiss
Germano Rigotto
Gilberto Milos
Guilherme Afonso Ferreira
Guilherme Amaral Ferraz
Guilherme Passos
Guilherme Peirão Leal
Gustavo Martinelli
Gustavo Penna
Haydée Belda
Helio Magalhães
Helio Mattar
Helio Zylberstajn
Henri Philippe Reichstul
Hernan Chaimovich
Horacio Lafer Piva
Hugo Bethlem
Hugo Marques da Rosa
Ilan Ryfer
Inês Sucar
Ione Costa
Israel Gottschalk
Israel Klabin
Jair Moggi
Jandaraci Araujo
Jayme Garfinkel
Jean Marc Etlin
Joachim Sedlmayr
João Fernando Oliveira
João Francisco Borges da Costa
João Nogueira Batista
Jorge Diamant Schulhof
Jorge Hilario Gouveia Vieira
Jorge Spitz
José Luiz Alquéres
Jose Augusto Guilhon de Albuquerque
José Castanheira
Jose Cesar Martins
José Eduardo Krieger
José Guimarães Monforte
Jose Luis Freire
Jose Monforte
José Olympio Pereira
José Pio Borges
José Roberto Cardoso
Jose Roberto Ópice
Julia Dias Leite
Juliana Buchaim Fonseca
Julio Bierrenbach
Julio Landmann
Jussara Moritz
Kiko Salomão
Kulikyrda Meinhako
Laercio Cosentino
Lea Klabin
Leda Campestrin Costela
Lourdes Sola
Lucia Hauptman
Luciana Hall
Luis Alvim
Luis Carlos Boucinhas
Luis Stuhlberger
Luis Terepins
Luiz Guerra
Luiz Orenstein
Luiza Helena Bahia de Carvalho
Lygia Pereira Mafalda Hemmann
Mailson da Nobrega
Manoel Sabino Neto
Manuel Thedim
Marcello Brito
Marcello Moraes
Marcelo Babará
Marcelo Costa de Oliveira
Marcelo Madureira
Marcelo Silva
Marcelo Steuer
Marcelo Trindade
Marcia Braga
Marcilio Marques Moreira
Marcio Fortes
Marcos Caramuru
Marcos Lederman
Maria Antonia Civita
Maria Augusta Gomes Reichstul
Maria Cecília Pereira da Silva
Maria Clara Prado
Maria do Carmo Almeida Braga
Maria Fernanda Teixeira
Maria Helena de Santana
Maria Isabel Bocatter
Maria Luiza Carvalho da Silva
Maria Luiza Marques Moreira
Maria Silvia Bastos Marques
Maria Stella Gregori
Marilu Aidar
Mario Haberfeld
Marisa Moreira Salles
Marluce Silva
Marta Dora Grostein
Martus Tavares
Mary Lafer
Maurizio Mauro
Mauro Batista
Mauro Kertzer
Mayana Zatz
Miguel Plopski
Miguel Reale Junior
Mônica Povedano
Monique Benoliel
Morris Safdie
Nelson Carlini
Nildemar Secches
Norma Lottenberg Semer
Olivia Guimarães
Omilton Visconde Junior
Ontxa Meinhako
Osmar Luvison Pinto
Patrice Etlin
Patricia Rudge Rossetto
Paulo Cezar Aragão
Paulo de Tarso Almeida Paiva
Paulo Galvão Filho
Paulo Gontijo
Paulo Hartung
Paulo Niemeyer
Paulo Paiva
Paulo Vieira
Pe. Paul Schweitzer
Pedro Abel Vieira
Pedro Bodin de Moraes
Pedro Camargo Neto
Pedro Cavalcanti
Pedro Henrique Mariani
Pedro Irany Barone
Pedro Lacerda de Camargo
Pedro Parente
Pedro Passos
Pedro Sampaio Malan
Pedro Wongtschowski
Raquel Davidovitch
Raul Calfat
Regina Christina Wielenska
Regina Lúcia T. M. da Fonseca
Regina Weinfeld Reiss
Renato Fragelli
Ricardo Guimarães
Ricardo Neuding
Ricardo Perez Botelho
Ricardo Villela Marino
Roberto Bielawski
Roberto Duailibi
Roberto Faldini
Roberto Giannetti da Fonseca
Roberto Janny Teixeira
Roberto Luiz Leme Klabin
Roberto Macedo Roberto Moritz
Rodolfo Villela Marino
Rodrigo Azevedo
Ronnie Vaz Moreira
Ruth Goldberg
Ruy Souza e Silva
Salo Davi Seibel
Samuel Pessoa Sandoval Carneiro Jr.
Selma Pantel
Sergio Werlang
Sergio Zimerman
Sidney Maury Sentoma
Silvia Weinfeld
Silvio Meira
Sonia Hess
Sonia Maria Fonseca de Barros
Sonia Quintella Carvalho
Stefano Arnhold
Sylvio Sacramento Fernandes
Tanit Galdeano
Tarcila Ursini
Teresa Bracher
Tito Enrique Silva Neto
Tito Martins
Tomas Alvim
Valdemir Dantas
Vera Lúcia Cury Marinho
Vicente Falconi
Vinicius Carrasco
Walter Schalka
Waxamani Meinhako
Weber Porto
Yacoff Sarkovas

Fábio Campos

Jornalista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi repórter de política e articulista do O Povo, o mais tradicional veículo de jornalismo impresso do Ceará, onde editou a Coluna Política por 14 anos (1996-2010) e a Coluna Fábio Campos por sete anos (2010-2017). Também foi editorialista do mesmo veículo entre 2013 e 2017. Concomitantemente às funções no jornal, editou o Anuário do Ceará por 15 anos, modernizando o conteúdo e o projeto gráfico da prestigiada publicação. Apresentou o programa Jogo Político na TV O Povo por 12 anos, ancorou o programa Contraponto na TV Cidade (Record), foi comentarista de política na TV Jangadeiro (SBT) e na rádio O Povo/CBN. Em agosto de 2017 iniciou a startup Focus.jor.