Paulo Porto Lima eleito presidente da Abrati

O setor de transportes de passageiros no Brasil vive a expectativa de novo marco regulatório que deverá entrar em vigor até outubro de 2022.


José Luiz Santolin (diretor executivo da Abrati), Jocimar Moreira (Real Expresso) e Paulo Porto Lima, que assume o comando da entidade.

A Associação Brasileira de Transportes Terrestres (Abrati), entidade que reúne as Empresas de Transporte Rodoviário de Passageiros Intermunicipal, Interestadual e Internacional, elegeu hoje seu novo Conselho para o mandato nos próximos três anos. O carense Paulo Paulo Porto Lima, executivo do Grupo Guanabara, foi eleito presidente do conselho da entidade que temn sede em Brasília.

O Conselho da Abrati é composto ainda por Eduardo Tude (Viação Progresso de Pernambuco) como o vice. os demais membros eleitos são: Renan Chiepp ( Águia Branca), Abílio Gontijo ( Gontijo), Gustavo Rodrigues ( Cometa), Gentil Cardoso ( Grupo Comporte), Pedro Texeira ( Planalto) e Estefano Boiko ( Garcia).

A segunda eleição de Paulo Porto Lima para dirigir a entidade acontece em um momento crucial para o sistema de transporte de passageiros no Brasil. Afinal, o setor vive a expectativa de novo marco regulatório que deverá entrar em vigor até outubro de 2022.

Focus apurou que a minuta dessa resolução deverá ser publicada nos próximos dias pela ANTT ( Agência Nacional de Transportes Terrestres) abrindo a audiência pública para contribuições e debates com a sociedade.

Fábio Campos

Jornalista graduado pela Universidade Federal do Ceará (UFC), foi repórter de política e articulista do O Povo, o mais tradicional veículo de jornalismo impresso do Ceará, onde editou a Coluna Política por 14 anos (1996-2010) e a Coluna Fábio Campos por sete anos (2010-2017). Também foi editorialista do mesmo veículo entre 2013 e 2017. Concomitantemente às funções no jornal, editou o Anuário do Ceará por 15 anos, modernizando o conteúdo e o projeto gráfico da prestigiada publicação. Apresentou o programa Jogo Político na TV O Povo por 12 anos, ancorou o programa Contraponto na TV Cidade (Record), foi comentarista de política na TV Jangadeiro (SBT) e na rádio O Povo/CBN. Em agosto de 2017 iniciou a startup Focus.jor.