OMS elogia AstraZeneca por interromper testes de vacina contra COVID-19

A farmacêutica interrompeu testes após reação relatada por um voluntário


Foto: Divulgação.

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), Margaret Harris, disse nesta terça-feira, 15, que a decisão da AstraZeneca de interromper os testes globais de sua vacina experimental contra o coronavírus, após reação adversa séria em um dos participantes do estudo, mostrou que a empresa estava priorizando a segurança.

“Isso é o que queremos ver com os testes, é um teste bem conduzido. A segurança é sempre crítica, é crucial e eles olharam para isso de maneira apropriada”, disse Margaret Harris a jornalistas em Genebra.

Questionada sobre o uso de vacinas experimentais para COVID-19 na China e na Rússia, ela afirmou que “a OMS gostaria que as vacinas se confrontassem para que possamos ter informações claras e ver esses resultados uns contra os outros.”