OAB tem vazamento de dados de seus advogados inscritos, segundo denúncia

Nomes, endereço, número de celular e do título de eleitor, dentre outras informações ficaram expostos, de acordo com o perfil Insanity Security LAB no Facebook


Imagem: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A Ordem dos Advogados do Brasil teve uma falha em seu sistema de segurança da informação, ocasionando vazamento de dados de advogados e advogadas inscritos no órgão representativo da classe. O registro da falha foi feito pelo perfil Insanity Security LAB no Facebook. De acordo com postagem, dados pessoais ( nome, cpf, endereço, nome dos pais, email, número do título do eleitor e número do telefone fixo/celular) dos profissionais do direito foram expostos.

Até o momento, o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB) não se manifestou formalmente sobre a denúncia. O Brasil tem cerca de 1,3 milhão de advogados com registro na OAB.

Veja a denúncia (Aqui)

Leia Mais
+ O “aprendizado de máquina” na nova advocacia, por Frederico Cortez
+ O setor público está preparado para LGPD? Por Frederico Cortez
+ Instagram e Facebook publicam política de proteção de dados de seus usuários, conforme LGPD
+ A LGPD nos centros educacionais privados, por Frederico Cortez
+ Instituto Cearense promove webinar sobre LGPD e governança de dados, nesta segunda (20)
A LGPD brasileira na pós-pandemia da Covid-19, por Frederico Cortez
LGPD e a segurança jurídica, por Eugênio Vasques
A responsabilidade civil e governança de dados na LGPD, por Frederico Cortez
A Declaração de Direitos de Liberdade Econômica e LGPD, por Eugênio Vasques
As empresas brasileiras estão prontas para a LGPD? Por Frederico Cortez
+ O compartilhamento de dados e a nova realidade brasileira, por Eugênio Vasques
O crime de dados no século XXI, por Frederico Cortez
ICPD- Protect Data alerta sobre a importância da Lei Geral de Proteção de Dados