“O centro é essencial para a esquerda”, avalia governador comunista Flávio Dino

Um dos possíveis presidenciáveis em 2022, o atual governador maranhense afirmou que ainda “há inúmeros caminhos a serem percorridos” até a corrida presidencial


Governador Flávio Dino. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Flávio Dino, filiado ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB), em entrevista ao jornal O Globo, avaliou a contribuição do centro para a manutenção da política. “A meu ver, [políticos ao centro] eles são essenciais para que a gente possa ter vitórias eleitorais importantes em 2020”, disse o governador do Maranhão.

Dino é defensor de uma frente ampla para “superar a polarização” nas eleições municipais de 2020. Um dos possíveis presidenciáveis em 2022, o atual governador maranhense afirmou que ainda “há inúmeros caminhos a serem percorridos” até a corrida presidencial. Flávio aproveitou a entrevista para falar sobre seu encontro com o apresentador de TV Luciano Huck. “O fato de ele não integrar a esquerda não significa que não devemos dialogar”, disparou.

Leia mais

+ Luciano Huck articula chapa presidencial com Flávio Dino para 2022

+ Vice-presidente do PT reage e diz que Dino vai integrar chapa petista em 2022