Novo presidente da Funarte afirma que rock “ativa” o aborto e o satanismo

Seu canal possui 6,9 mil inscritos. E lá constam diversas "teorias da conspiração"


dantemantovani
Dante Mantovani. Foto: Divulgação YouTube

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O novo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte), Dante Mantovani, não gosta de rock. Prova disso é uma de suas declarações em seu canal no YouTube. Em uma delas, afirma que o rock é potencializador da “indústria do aborto” e que leva ao “satanismo”.

“O rock ativa a droga, que ativa o sexo, que ativa a indústria do aborto. A indústria do aborto, por sua, vez alimenta uma coisa muito mais pesada que é o satanismo. O próprio John Lennon disse que fez um pacto com o diabo para fazer sucesso”, destacou em um vídeo na rede social.

Seu canal possui 6,9 mil inscritos. E lá constam diversas “teorias da conspiração”.

Abaixo um dos vídeos do novo presidente da Funarte: