Nem Luizianne, nem Wagner e nem candidatura própria: MDB fecha apoio a Heitor Férrer

O partido deverá indicar a vice na chapa que será homologada amanhã, às 15h, na convenção do Solidariedade


Heitor Férrer ao lado de Eunício Oliveira. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Nem Capitão Wagner, nem Luizianne Lins e nem candidatura própria. O MDB, do ex-senador Eunício Oliveira, vai apoiar a candidatura do deputado Heitor Férrer (SD) à Prefeitura de Fortaleza. O anúncio ocorreu na noite de hoje, 14.

“Em Fortaleza, o MDB estará ao lado do pré-candidato a prefeito Heitor Férrer”, escreveu Eunício em suas redes sociais.  O partido deverá indicar a vice na chapa que será homologada amanhã, às 15h, na convenção do Solidariedade.

O MDB era o último grande na prateleira das alianças.

Nas últimas semanas, Eunício chegou a se reunir com o PSL e tratava indiretamente com o ex-sócio Gaudêncio Lucena, bolsonarista que trabalhava para que o MDB apoiasse a chapa do Capitão Wagner (Pros). Havia também um flerte com Luizianne Lins, que buscava um vice para a aliança.

Luizianne até tentou convencer Heitor Férrer a fazer parte da sua chapa. Se encontraram no restaurante La France e conversaram sobre. No entanto, não houve consenso.

Heitor fez questão de dizer nas redes sociais que não seria vice “nem da Luizianne e nem de qualquer outro candidato”.

Leia Mais
+A conversa de Luizianne com Heitor, que se manterá em carreira solo
+No controle do MDB, Eunício abre leque de conversas em Fortaleza