Não houve desinformação na prova do Enem, avalia Bolsonaro

Presidente pediu ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, que aplique nas questões mais assuntos científicos, técnicos e culturais


O presidente da República, Jair Bolsonaro, durante a Cerimônia de Abertura do Fórum de Investimentos Brasil 2019. Foto: Marcos Corrêa/PR

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A prova do Enem deste ano não sofreu com “desinformação”. Assim avalia o presidente Jair Bolsonaro. Em transmissão realizada no Facebook na noite de ontem, 7, o presidente reforço que o tema da redação “Democratização do acesso ao cinema no Brasil” foi melhor do que os aplicativos em edições anteriores do exame.

Também reforçou que não teve participação na escolha do tema. O chefe do Executivo pediu ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, que aplique nas questões mais assuntos científicos, técnicos e culturais.

“E também, certas questões que o pessoal, a imprensa sentiu falta, eu não quero falar aqui para não polemizar. Quero dizer à imprensa o seguinte: não houve é desinformação. Quando tratava desse assunto, era só mentira. Então, não houve desinformação nas questões de múltipla escolha”, segundo o Renova.