Butantan e Merck fecham acordo para desenvolver e comercializar vacina contra a dengue

Pesquisa brasileira está na fase de teste em humanos. Instituto constrói fábrica para produzir a vacina.


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O instituto Butantan fechou parceria com a norte-americana Merck para desenvolver e comercializar uma vacina contra a dengue. Pelo acordo de troca de conhecimentos, o instituto receberá até US$ 101 milhões, que serão investidos na produção do fármaco. Ambos os laboratórios desenvolvem pesquisa para vacina contra a dengue utilizando a mesma cepa, mas a versão brasileira está mais adiantada, já em fase de teste em humanos.

O Butantan está construindo uma fábrica para produzir a vacina. Ela deve ficar pronta no final do próximo ano, mas para que ela chegue à população são necessários testes da Anvisa. O Instituto deverá ser o produtor e comercializador exclusivo do produto no Brasil, inclusive para o SUS.

Já existe uma vacina contra a dengue em circulação no Brasil, produzida pela Sanofi. No entanto, diferente do que é desenvolvido pelo Butantan, ela é desaconselhada para quem já teve dengue e não está disponível no SUS.