Movimentação de cargas na ZPE Ceará cresce 17% no primeiro semestre

O movimento de cargas apresentou crescimento em todos os meses do primeiro semestre.


ZPE Ceará. Foto: Divulgação Governo do Estado

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A ZPE Ceará fechou o primeiro semestre com um crescimento de 17,3% na sua movimentação de cargas, na comparação com o mesmo período de 2020. De janeiro a junho de 2021, mais de 6,3 milhões de toneladas passaram pela ZPE, cerca de 930 mil toneladas a mais do que no primeiro semestre do ano passado.

“O resultado do primeiro semestre, fruto de toda a eficiência e celeridade de nossas operações, é mais um indicativo de que estamos no caminho certo para retomar o nosso ritmo”, disse a diretora de operações da ZPE Ceará, Andréa Freitas.

A ZPE Ceará registrou avanço na movimentação de cargas em todos os meses do primeiro semestre, na comparação com os respectivos meses de 2020. Considerando apenas o mês de junho, foram mais de 1,18 milhão de toneladas movimentadas na free-zone, alta de 27% ante o mesmo mês de 2020.

Produtos
No acumulado de janeiro a junho, a movimentação de placas de aço produzidas pela CSP atingiu 1,392 milhão de toneladas, alta de 5,39% ante o primeiro semestre do ano passado.

Além das placas de aço, a ZPE Ceará também apresentou alta na movimentação de minério de ferro e de carvão mineral. Foram 2.351.390 toneladas de minério (alta de 22,8%); 1.235.602 toneladas de carvão (alta de 22,7%, ante o mesmo período do ano passado).

Destinos
Entre os principais destinos das mercadorias produzidas pela ZPE Ceará no primeiro semestre de 2021, o maior destaque foram os Estados Unidos, com 784.854 toneladas. Em seguida aparecem Canadá (69.749 t), México (48.110 t), e Bélgica (30.041 t). Ao todo, as exportações atingiram 932.753 toneladas no primeiro semestre. Com informações do CIPP/SA.