Moura Dubeux fecha 2020 com VGV de R$ 235 milhões em Fortaleza

Somando outros empreendimentos no Nordeste, a Moura Dubeux atingiu VGV de R$ 791,17 milhões, o que corresponde a um aumento de de 107,1% sobre os R$ 382 milhões em 2019


Empreendimento da Moura Dubeux. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

A incorporadora Moura Dubeux fechou o ano de 2020 com Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 235 milhões. O resultado engloba três empreendimentos da companhia: Artiz Meireles, Meet Aldeota e Parque Rio Branco.

Somando outros empreendimentos no Nordeste, a Moura Dubeux atingiu VGV de R$ 791,17 milhões, o que corresponde a um aumento de de 107,1% sobre os R$ 382 milhões em 2019.  Em vendas,  2020 também foi promissor. Foram R$ 710 milhões.

Empreendimentos em Fortaleza

O mais novo lançamento da incorporadora é o Artiz Meireles. Pojeto de alto padrão, edifício conta com 40 pavimentos e 2 apartamentos por andar (de 155 e 188 m2), têm quatro suítes, salas de estar e jantar integradas à varanda gourmet, 3 vagas de garagem cobertas, além de área de lazer completa, já entregue equipada e decorada.

Outro lançamento, também de alto padrão, é o Meet Aldeota. O empreendimento tem 66 apartamentos, de 112 a 117 m2, com três suítes, sala e cozinha integradas à varanda gourmet e completa área de lazer.

O terceiro empreendimento é o Parque Rio Branco. Localizado no bairro de Fátima, tem uma ampla e definitiva vista para o Parque Rio Branco. O empreendimento tem duas torres, com 120 apartamentos de 61 a 88 metros quadrados, dois ou três quartos, sendo uma suíte, diversas opções de plantas, uma ou duas vagas de garagem, e área de lazer completa. Nas áreas comuns do prédio, espaços como sala de estudo e trabalho, guarda e-commerce e pet wash.