Morre aos 91 anos o advogado, escritor e professor Pedro Paulo Montenegro

Com sólida formação escolar e acadêmica, Montenegro ocupava uma cadeira como membro da Academia Cearense de Letras e do Instituto Histórico do Ceará.


Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Natural de Quixadá, faleceu em Fortaleza, aos 91 anos, um dos mais importantes intelectuais do Ceará, o advogado, professor e escritor, Pedro Paulo Montenegro. O corpo está sendo velado no Ternura. Montenegro teve uma sólida formação escolar e  acadêmica, tendo passado inicialmente pelo Grupo Escolar Clóvis Beviláqua, Colégio Castelo Branco (Fortaleza) e depois Seminário São Vicente (Petrópolis-RJ).

Tornou-se bacharel em Letras Neolatinas pela PUC do Rio de Janeiro (1953). A seguir, voltou ao Ceará e diplomou-se em Direito pela UFC, em 1955. Seguiu para a Espanha, onde fez curso de Mestrado de Literatura da Universidade de Madri.

Foi funcionário graduado do TCU, membro do Tribunal de Contas da União. Na UFC, coordenou os cursos de pós-graduação da Faculdade de Letras, foi membro do Conselho Universitário, membro do Conselho de Ensino e Pesquisa e Pró-Reitor de Extensão, além de professor titular de Teoria de Literatura.

Também ensinou no Colégio Militar de Fortaleza foi professor visitante das universidades de Colônia (Alemanha) e da Tennessee (EUA). Montenegro ocupava uma cadeira como membro da Academia Cearense de Letras e do Instituto Histórico do Ceará.