Morre advogado Clayton Marinho

Jurista faleceu nesta terça-feira, 6, após complicações causadas pela COVID-19


Advogado Clayton Marinho. Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O advogado criminalista Clayton Marinho faleceu nesta terça-feira, 6, após complicações por causa da COVID-19. O jurista tinha 78 anos.

O reitor da UFC, Cândido Albuquerque lamentou a morte do advogado. “Deixa um legado e uma vida repleta de grandes gestos como referência para as novas gerações, e para nós, que tivemos a felicidade de com ele conviver, deixa a certeza de que vale à pena combater o bom combate”, declarou.

O advogado Leandro Vasques, diretor da Academia Cearense de Direito, também se manifestou acerca do falecimento do colega de profissão. “Me lapidou por longos e venturosos 14 anos para eu exercer a mais bela das profissões liberais: a advocacia. Neste ano completo 26 anos de graduado dos quais, a ampla maioria deles, foram construídos sob os auspícios desse combativo e modelar profissional. Imortais e infinitas foram as lições de ética, de bravura e altivez que recebi do mestre Clayton”, ressaltou.