Moro quer que STF resolva “problemas técnicos” no juiz de garantias

A medida foi incluída por deputados no pacote anticrime de Moro. O presidente Jair Bolsonaro manteve a redação


Moro
Ministro da Justiça, Sergio Moro. Foto: Divulgação

Equipe Focus.Jor
focus@focus.jor.br

O ministro da Justiça, Sergio Moro, declaro que é preciso resolver os problemas “técnicos graves” no que diz respeito ao juiz de garantias.

“Muitas questões ficaram indefinidas. É indicativo de que faltou debate, apesar de a Câmara ter sido alertada. Espero que o STF (Supremo Tribunal Federal) ou o CNJ (Conselho Nacional de Justiça) possa corrigir esses problemas”, disse Moro em entrevista ao Estadão.

A medida foi incluída por deputados no pacote anticrime de Moro. O presidente Jair Bolsonaro manteve a redação. “Sempre que se envia um projeto de lei, há a possibilidade de que seja rejeitado total ou em parte”, finalizou o ministro.

Leia Mais
+Juiz de garantias, do pacote anticrime, recebe ação de parlamentares
+Moro: pacote anticrime atingirá criminoso no bolso