Moro: quarentena para juízes é “preocupação estereotipada”

“Já tem um período de quarentena de seis meses. Tem que pensar então por que, para essa profissão, é necessário um prazo mais dilatado do que para as demais”, destacou o ex-ministro


Ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Foto: Reprodução

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

O ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou que a quartenta de oito anos para juízes é uma “preocupação estereotipada”. Ele havia participado de uma live realizada pela Universidade Federal do Piauí e falou sobre o tema.

“Já tem um período de quarentena de seis meses. Tem que pensar então por que, para essa profissão, é necessário um prazo mais dilatado do que para as demais”, destacou o ex-ministro.

O presidente do STF, Dias Toffoli, é favorável a estender por oito anos. “Quem quer ser candidato, seja como magistrado, seja como membro do Ministério Público, tem que deixar a magistratura, tem que deixar o Ministério Público, e tem que haver um período de inelegibilidade sim. Eu já disse isso várias vezes a senadores da República não só nessa legislatura como em legislaturas anteriores”, disse.