Moro atribui parte da queda de crimes violentos no País a governos estaduais

O ministro ainda falou: "Hackers de juízes, procuradores, jornalistas e talvez de parlamentares, bem como suas linhas auxiliares ou escândalos falsos não vão interferir na missão"


Foto: Divulgação

Equipe Focus
focus@focus.jor.br

Após divulgar queda do número de crimes violentos no País em seu Twitter, o ministro Sérgio Moro afirmou que a redução não pode ser atribuída apenas ao Governo Federal.

“Muitos fatores influenciam a queda, o mérito não é só do Governo Federal, mas também dos estaduais e distritais. Mesmo com a redução, os números ainda são altos, precisamos trabalhar muito mais”, ressaltou Moro.

O ministro também pontuou uma série de outras ressalvas.  “Ajudaria a aprofundar a queda a aprovação do projeto anticrime, mas respeitamos a prioridade da Nova Previdência”, ressaltou.

Para finalizar, Moro falou: “Hackers de juízes, procuradores, jornalistas e talvez de parlamentares, bem como suas linhas auxiliares ou escândalos falsos não vão interferir na missão”.

Leia Mais
+Número de homicídios caiu 23% no País, afirma Moro