Ministério Público entra no caso da demissão da Dra. Mayra

Promotoria de Defesa do Patrimônio Público encaminhou caso para promotorias Eleitoral, Civil e Trabalhista


Nathália Bernardo
nathalia@focus.jor.br

O Ministério Público entrou no caso do desligamento da médica Mayra Pinheiro, que foi candidata ao Senado pelo PSDB,  do HGF. O promotor Ricardo Rocha, da 26a Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, assina o termo de audiência. Ele também encaminha o caso para análise de outras três promotorias, apontando possibilidade de ter havido infração eleitoral, trabalhista e ato de improbidade.

Mayra, que presidiu o Sindicato dos Médicos, prestava serviço no hospital estadual por meio da Cooperativa dos Pediatras. No último dia 25, ela foi informada de que deixaria os quadros do hospital.  A médica avalia que a motivação para o afastamento denúncias feitas por ela sobre condições dos pacientes no hospital.