Maurício Filizola, da Fecomércio: vacinas para o comércio serão disponibilizadas a preço de custo “no momento certo”

Vale lembrar que no dia 15 de março, Filizola havia ressaltado a possibilidade a aquisição de imunizantes


Presidente do Sistema Fecomércio
Presidente do Sistema Fecomércio, Maurício Filizola. Foto: Divulgação

Átila Varela
atila@focus.jor.br

O presidente da Fecomércio Ceará, Maurício Filizola, afirmou que as vacinas destinadas ao setor do comércio serão disponibilizadas a preço de custo “no momento certo”. O empresário ressaltou o desejo durante a apresentação de pesquisa sobre a situação do setor no Estado nesta quinta-feira, 30.

“O Governo precisa avançar na questão da vacinação. Nós iríamos buscar os imunizantes no mercado internacional. O setor público é lento e isso eu falo nas três esferas, federal, estadual e municipal. Entendemos a lentidão por conta do regramento. O setor produtivo é mais ágil. Se nós estivéssemos autorizados a comprar, muito da população brasileira estaria vacinada. Estaríamos com a economia  fluindo de forma mais rápida”, disparou o empresário.

Vale lembrar que no dia 15 de março, Filizola havia ressaltado a possibilidade de aquisição de vacinas. “Temos interesse em adquirir (a vacina), mas existem as regras de mercado. O ideal é que o Governo faça a parte dele. Se os Estados e municípios querem fazer a vacinação, que se possibilite isso. Teríamos uma vacinação de forma ampliada. Infelizmente tudo passa por disputas políticas”, declarou à época.

Leia Mais
+Pesquisa Fecomércio: 71% dos empresários são contra o lockdown no Ceará